Manuscritos do Mali são expostos na Bélgica

Ser bibliotecário em países que passam por guerras pode evidenciar uma necessidade – e uma visão – ainda mais acentuada sobre a preservação da memória. O Museu de Belas Artes de Bruxelas expõe até 22 de feveiro itens históricos de Timbuktu, que foram salvos da ação de rebeldes pelo bibliotecário Abdel Kader.

Abdel organizou, em 2012, a retirada de obras raras do Instituto Ahmed Baba ao perceber o conflito entre radicais islâmicos e o governo do Mali.

Veja a matéria publicada pela ISTOÉ:

http://www.istoe.com.br/reportagens/281513_O+INCRIVEL+RESGATE+DAS+BIBLIOTECAS+DO+MALI

Confira a reportagem sobre a exposição em Bruxelas:

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/01/belgica-expoe-manuscritos-resgatados-de-guerra-do-mali.html

mi_7302794421880016

Acervo de manuscritos foi salvo em 2012 (Foto: Reprodução)

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s