Instituto da Patologia do Livro é referência no tratamento de obras danificadas

Durante uma conversa sobre coleções raras com a bibliotecária Kelly Pereira de Lima, lembramos de uma importante instituição: o Instituto da Patologia do Livro de Roma (ICPAL). Criado em 1938, o órgão é especializado no tratamento e recuperação de acervos especiais. Republicamos aqui uma reportagem de 2011, veiculada pelo site globo.com. Vale a pena conferir.

Guerras, inundações, ratos ou cupins – o Instituto da Patologia do Livro de Roma (ICPAL) oferece há mais de 70 anos tecnologia para “cuidar” dos livros e escritos preciosos, danificados por acontecimentos os mais diversos, ou para periciar uma obra.

Essa instituição interdisciplinar, fundada em 1938, “é a primeira do mundo com essas características”, além de ser referência para todos os problemas ligados à conservação e à restauração de livros e arquivos.

Confira a matéria em http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2011/12/em-roma-o-instituto-da-patologia-do-livro-cuida-dos-escritos-raros.html

Instituto de patologia 1

ICPAL, em Roma (Foto: Reprodução)

 

Obra danificada, exposta no Instituto (Foto: Reprodução)

Obra danificada, exposta no Instituto (Foto: Reprodução)

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s