A Bíblia Medieval – do Românico ao Gótico (sécs. XII-XIII)

Fonte: BN Portugal

Iniciativa conjunta do Instituto de Estudos Medievais e da Biblioteca Nacional de Portugal (BNP), esta exposição pretende, pela primeira vez, divulgar um valioso conjunto de manuscritos bíblicos iluminados dos acervos da BNP, da Biblioteca Pública de Évora e da Biblioteca da Ajuda. Nela vão ser expostos alguns dos mais notáveis códices da Bíblia existentes em Portugal, constituindo uma oportunidade rara para observar este conjunto de obras reunidas.

Os manuscritos selecionados estão organizados em dois grandes núcleos: o  primeiro integra as grandes Bíblias do Românico, com particular destaque para as monumentais Bíblias da Abadia de Santa Maria de Alcobaça, em vários volumes; o segundo transporta-nos para o universo das Bíblias portáteis do século XIII, mostrando as diferenças entre os distintos centros de produção da época. Neste assumem primazia os manuscritos de produção francesa, sobretudo dos ateliers de Paris, mas podemos observar também códices de origem inglesa, catalã ou italiana, e dois manuscritos que terão sido copiados no scriptorium de Alcobaça. Destaca-se ainda a «Bíblia de bolso» que terá pertencido à rainha D. Mafalda (ca 1195/1196-1256), filha de D. Sancho I, um códice que poderá ser a primeira tradução da Bíblia para francês e, ainda, um manuscrito produzido nos ateliers de Bolonha em finais de 1200.

Bíblia medieval

Bíblia, Ordem de Cister. Mosteiro de Santa Maria. [1201-1250]. (Foto: Reprodução/BN Portugal).

Dirigida a públicos distintos, a exposição pretende evidenciar as transformações que se registaram na transição das grandes Bíblias Românicas para as pequenas Bíblias Góticas, sendo uma oportunidade para dar a conhecer as obras e os contextos socioculturais em que emergiram. Entre outros aspetos, importa destacar a dinâmica associada à produção e divulgação das Bíblias medievais, quer no que diz respeito aos aspetos artísticos e materiais, quer às mudanças na organização dos textos, quer ainda à ornamentação e aos programas iconográficos, salientando a relevância da produção e circulação da Bíblia, não apenas como livro sagrado mas também como objeto de cultura associado à nossa matriz civilizacional.

Aproveitando a oportunidade de expor este conjunto de códices medievais, propomos um diálogo entre a arte da Idade Média e a Contemporânea, proporcionado pela exposição conjunta de um grupo significativo de obras da pintora Ilda David, produzidas, precisamente, para uma recente edição da Bíblia. Será uma oportunidade e um pretexto para retomar a reflexão em torno das relações texto/imagem, fundamentais para se entender a arte medieval, mas igualmente pertinentes no que diz respeito à criação contemporânea.

Data: de 16 de fevereiro a 21 de maio na Sala de Exposições. Entrada gratuita.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s